sábado, 4 de julio de 2009

francia 1958: muerte de Luigi Musso

siempre corría con maserati...

al final de la temporada de 1957, luigi musso era el tercer colocado. un piloto con futuro, en una época en que correr en la fórmula uno era realmente arriesgar la vida. no me imagino el tamaño del problema si el tercer colocado (actualmente Sebastian Vettel) muriese en un GP este año.

me hace recordar una frase, creo que fué de Stirling Moss, sobre el uso de cascos y cinturones de seguridad: "en esa época, nosotros creíamos que eso era propio de homosexuales"

PS: nuestro amigo Felipão, que hace le primer comentario, tiene un excelente post sobre el asunto, en el cual además recuerda que al momento de su muerte corria por Ferrari

5 comentarios:

  1. Grande lembrança... Certa vez comentei a respeito da morte do Musso. Para quem quiser dar uma lida, segue o link... http://blogsportbrasil.blogspot.com/search/label/Luigi%20Musso

    Abração

    Felipe

    ResponderEliminar
  2. Foi um GP movimentado. Morte de Musso, última corrida de Fangio, vitória de Hawthorn, que viria a ser o campeão.

    Acho que foi nesse GP que Enzo quis punir Peter Collins por alguma divergência, e o increveu com um carro de F2, dando seu carro usual a Musso. Mas precisaria confirmar essa história.

    ResponderEliminar
  3. Corridas antigas são sempre instigantes. Esta mesmo eu não conhecia, O video, aliado ao comentário do Daniel me fizeram revirar a net atrás de mais informações.

    ResponderEliminar
  4. jeje.. u também estou doido rocurando essa informação...

    é só o Daniel encostar no teclado que mexe com a curiosidade, ne?

    ResponderEliminar
  5. bem legal a história, não conhecia, e com a sinformações de vocês fico sabendo mto mais!

    ResponderEliminar

sinta-sé a vontade de comentar em portugués
comentarios y ideas en español son bienvenidas